quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

CÂMARA DE VARGINHA ENTREGA TÍTULO DE CIDADÃ HONORÁRIA À SECRETÁRIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

A Câmara Municipal de Varginha realizou nesta terça-feira (12), uma Sessão Solene, no Plenário da Casa, para a entrega do Título de Cidadania Honorária à Secretária Municipal de Educação, Rosana Aparecida Carvalho. A honraria foi proposta pelo secretário da Mesa Diretora, vereador Dudu Ottoni e aprovada por unanimidade entre os vereadores.
O titulo é dado a pessoas que atuam na vida da cidade, que reconhecidamente tenham prestado relevantes serviços e que de alguma maneira tenham contribuído ou contribuam com a história do município. A pessoa que recebe o Titulo de Cidadania Honorária passa a ser conterrâneo, mesmo que não tenha nascido em Varginha.
A solenidade presidida pelo vereador Zacarias Piva contou com a presença do prefeito em exercício, Verdi Lúcio Melo, dos vereadores Buiú do Ônibus, Leonardo Ciacci, Zilda Silva e Zué do Esporte, da representante do 9º BBM, tenente Izabela Barbosa, secretários municipais, diretoras, professoras, servidores da Secretaria de Educação, familiares e amigos da homenageada.
Em uso da palavra todos foram unânimes em destacar o trabalho feito pela professora, não só junto aos alunos, mas também nas famílias e com os servidores da pasta, através de sua atuação como Secretária Municipal de Educação.
A homenageada, em seu discurso agradeceu aos vereadores pela homenagem e em especial ao vereador propositor Dudu Ottoni, e falou do quanto está feliz por ser varginhense de papel passado e parabenizou todos os professores e funcionários da Secretaria Municipal de Educação pelo trabalho desenvolvido em todo o Município.

Rosana nasceu em Campo Belo e mudou-se aos 17 anos para Varginha, onde iniciou seus estudos na área da educação, casou-se e teve três filhos. É servidora pública há 27 anos, atualmente concursada como Psicopedagoga da rede municipal, e exerce pelo segundo mandato a função de Secretária Municipal de Educação do Município de Varginha.

VEREADOR JOÃOZINHO ENFERMEIRO PEDE A MANUTENÇÃO DA PRAÇA DAS ROSAS, NOS PINHEIROS

O vereador Joãozinho Enfermeiro apresentou uma indicação, na Câmara Municipal de Varginha, solicitando ao Prefeito, à Secretaria de Obras e Serviços Urbanos e ao Conselho Municipal de Conservação e Defesa do Meio Ambiente – Codema - a limpeza do mato, melhoria da iluminação e poda das árvores da Praça das Rosas, no Bairro Pinheiros. A indicação atende ao pedido dos munícipes que utilizam a referida praça e pedem a realização de melhorias no local.

De acordo com o vereador, a população está preocupada com a presença de animais peçonhentos ao redor da praça, atraídos pelo mato alto. Outro problema relatado pelos moradores é a localização dos postes entre as árvores que necessitam de poda e acabam não iluminando adequadamente o local, trazendo insegurança aos frequentadores do espaço. “A Praça das Rosas é utilizada por muitas famílias, especialmente nos finais de semana, quando muitas crianças se reúnem para brincar. Por isso é necessária uma atenção especial da Administração Municipal, para que o lugar receba a manutenção adequada”, informou Joãozinho Enfermeiro.

Grupo de amigos que se reúne para jogar futebol faz campanha para ajudar famílias carentes de Varginha

O Grupo de Veteranos Quarentinha, do Clube Campestre de Varginha,  entrega,  dia 16 de dezembro,  cerca de 250  cestas básicas para entidades filantrópicas do município. A doação faz parte do  projeto social “Amigos da Bola” que consiste em arrecadar cestas básicas no valor de  100,00 (cem reais) cada e depois encaminhá-las  às entidades filantrópicas do município, que se encarregam da  distribuição às famílias cadastradas.
       A ideia foi lançada em 2013 pelo associado do Campestre, Edson Rodrigues, o Edson do Unicafé.  O objetivo da campanha   é oferecer os produtos para que centenas de famílias do município possam passar o Natal com dignidade.
Entidades que receberão as doações em 2017:
- Paróquia do Rosário
- Levanta-te e Anda
- Pró-Rim
- Acrenoc
- Vida Viva
- Bem-Te-Vi
- Kerigma
- Paróquia Santa Clara
- Viva em Cristo
- Projeto Vida Nova
- Lar São Vicente de Paulo
- Centro Espírita 3 de outubro
- Centro de Oncologia
- Grupo Apage
         A entrega das cestas às entidades será feita dia 16 de dezembro, às 10h, na sede do Clube Campestre, Rodovia BR 491,  Km 249 – Varginha-Três Corações.

       O Grupo de Veteranos Quarentinha foi fundado há 22 anos e conta atualmente com cerca de 120 integrantes, acima dos 40 anos,  que se reúnem toda quinta-feira no Clube Campestre para uma partida de futebol. No final do ano todos se mobilizam e ajudam na arrecadação das cestas. O projeto tem o apoio do Clube Campestre, Sicoob Credivar e Uniflex Embalagens.

VEREADOR DR. ALENCAR PEDE PARA SEMEL NÃO INTERROMPER AS AULAS DE HIDROGINÁSTICA EM JANEIRO E FEVEREIRO

O vereador Dr. Alencar Faleiros apresentou uma indicação, na Câmara Municipal de Varginha, solicitando que as aulas de hidroginástica oferecidas pela Semel não sejam interrompidas no período de dezembro e janeiro. O documento foi encaminhado ao Prefeito e ao Secretário de Esportes e Lazer.

Alunos que participam da hidroginástica oferecida pela Semel procuraram o vereador solicitando que as aulas não fossem interrompidas nos meses de dezembro e janeiro, uma vez que no período do inverno as aulas ficaram suspensas e decorrente de outros problemas, também não teve aulas por sete meses e meio neste ano de 2017. Dr. Alencar aproveitou a oportunidade para sugerir a abertura de vagas de estágio aos estudantes de Educação Física, caso a falta de instrutor seja o motivo do recesso. “É muito importante ressaltar que os alunos da hidroginástica fazem aula por recomendação médica, para tratamento de saúde. Se as aulas forem novamente interrompidas, somarão dez meses no período de um ano, prejudicando o desenvolvimento e tratamento de todos participantes”, informou o vereador. 

Como corrigir redação de forma rápida e eficiente?

Olá, leitor
Muitas avaliações de estudantes e mesmo de profissionais usam as redações, já que essa é uma forma de se entender, como é a linha de raciocínio que determinada pessoa tem. Além disso, através da redação pode se observar se aquela pessoa tem capacidade argumentativa e consequentemente, se possui conhecimentos para apresentar o que pensam de forma coerente.
É por causa da quantidade de análises que se pode realizar por uma redação, que até as empresas usam-nas quando selecionam os colaboradores. Não é raro que os processos seletivos incluam alguma redação, ainda que seja bem curta, com o intuito de conseguir “conhecer” esse candidato afora o que ele próprio diz.
Se os indivíduos consideram que a criação da redação é complicada, corrigi-las também é uma coisa que apresenta dificuldade. Não basta que os corretores saibam somente de Língua Portuguesa (ou de qualquer idioma no qual se escreva): é importante que ele entenda também sobre possíveis teorias da aprendizagem, e que considere todos os percursos que aquela pessoa usou para poder escrever.
Como é feita a correção mais apropriada?
corrigir_redação-de-forma-rapida-e-eficiente
Os corretores podem fazer as suas correções de formas diversas, mas nem sempre elas têm a mesma eficiência. Isso porque, por mais que os profissionais tenham estilos variados de trabalhar, alguns métodos para correções são ultrapassados. Outros fazem com que o corretor foque apenas em pontos e percam tempo com outros.
Além disso, existe um tipo de correção que é a chamada “injusta”. É esse o tipo de correção que motiva numerosos estudantes a pedir a chamada “vista de correção” e a questionar como é que o profissional avaliou.
A correção “injusta” é aquela na qual o indivíduo não tem considerado quais são as suas limitações, qual foi o seu raciocínio e nem mesmo quais foram as condições nas quais aquela produção textual foi feita. Todos esses são elementos que poderão levar a essas pessoas, uma nota menor quando o corretor não avalia com um leque maior.

Como se consegue uma correção mais rápida?

Quando se ensina aos corretores uma correção mais rápida, isso não quer dizer que eles não vão ler todos os pontos, que não vão avaliar qual é a coerência ou outros aspectos que são mesmo tradicionais. Na verdade, todos os âmbitos serão visualizados, mas apenas com uma forma mais organizada.
É preciso que os corretores, primeiramente, saibam quais são os pontos nos quais eles vão se focar.  Eles podem até mesmo ter um checklist com o qual eles vão dando pareceres sobre o que eles estão vendo nas redações.
Os corretores podem ter uma lista na qual está a coerência, o conhecimento do assunto, a coesão e a ortografia. Assim, esses serão os pontos que esse profissional avaliará. Quando ele acaba toda a sua leitura, ele escreve “ok” na frente de cada um dos pontos nos quais, o candidato foi satisfatório.
Fazendo isso, é bem diminuída a possibilidade de esse corretor ignorar que o cidadão errou pouco ortograficamente ou que ele teve dificuldades com a coerência: fazendo as anotações em tempo real, ele será justo e terá o seu tempo melhor usado, sem precisar ficar considerando vagamente o que ele precisa considerar.

Como conseguir uma correção mais eficiente?

É claro que o método de fazer uma checklist também é empregada para que se tenham correções mais eficientes. Afinal, quando se tem uma correção mais rápida, é comum que se tenha mais eficiência porque ela foi boa e, mesmo assim, usou menos tempo.
Entretanto, alguns outros meios de ter eficiência ao corrigir também existem, como separar algumas redações para um período de horas. As pessoas que trabalham com essas correções costumam fazer muitas em um período curto e isso é ruim porque impede que o cérebro descanse. Quando as pessoas não estão com o seu raciocínio perfeito, erros podem não ser vistos, assim como se pode avaliar errado o percurso de escrita.
Outro detalhe é que a eficiência também pode ser potencializada quando se consideram os assuntos das produções textuais. Corrigir aquelas que são do mesmo tema de forma conjunta é melhor: evita que o profissional precise ficar adaptando o seu cérebro, a cada hora, a uma temática diversa. Quando isso não pode ocorrer, a pessoa precisa, pelo menos, de alguns minutos para que o seu cérebro reorganize-se e consiga avaliar outro assunto.
Como conseguir uma correção justa?
A correção que seja justa pode ser a parte mais complexa para qualquer corretor de redações. A sua complexidade também está ligada às adaptações que se deve fazer na sua própria prática e na preparação extra que esses profissionais vão ter de ter.
Uma das adaptações é que existem profissionais que não têm tantas informações sobre os temas que vão corrigir. Um professor que solicita, por exemplo, uma produção textual a respeito do petróleo precisa informa-se, precisa ler sobre esse tema para poder considerar se aquele estudante realmente teve um percurso apropriado, se existem contradições ou mais.
Mesmo os corretores das redações de Recursos Humanos precisam de conhecimentos. É impossível que esse gestor corrija determinada redação e, posteriormente, escreva com problemas de Ortografia. É primordial que quem esteja corrigindo tenha uma bagagem apropriada para fazer isso, evitando que existam reclamações e, na verdade, que existam fundamentos nas reclamações.
Para as escolas, existe mais um ponto quando se fala de uma correção justa: as limitações. Os professores, por conta da sua convivência, conhecem as dúvidas limitações que aquele estudante apresenta e querer que ele mostre em sua produção textual uma complexidade que ele ainda não alcançou não é justo.
Somente a Língua Portuguesa é importante? O que precisa ter mais peso?
As pessoas que não são da área de Linguagens ou que não estão habituadas a fazer correções podem pensar que essa atividade é relacionada unicamente a apontar quais são os equívocos de Língua Portuguesa, ou seja, as palavras escritas erradamente, os problemas de Sintaxe e coisas dessas.
Contudo, ainda que a adequação à língua seja mesmo fundamental, existem mais pontos que são altamente importantes quando se está corrigindo e um deles é o raciocínio. Por mais que aquele indivíduo tenha derrapado no uso da norma ou mesmo na maneira como ele expos o que pensou, o profissional precisa procurar acompanhar a sua linha de pensamento e considerar quando aquilo possui mesmo sentido.
É verdade que as correções que são feitas para os vestibulares não são tão maleáveis, mas os profissionais que estão com os estudantes anteriormente a esse estágio precisam compreender esse tipo de critério para, inclusive, orientar melhor esses estudantes.

A parte ética: como é que o corretor encaixa isso?

Nenhum corretor está livre de ver alguma produção textual que acaba batendo na temática “Direitos Humanos”. Na verdade, falando se “bater” fala-se de desrespeitar: é o caso das redações que apresentam incentivos ao desrespeito, à homofobia, à violência e a outras coisas.
É claro que o profissional precisarão pontuar em sua correção quando esse tipo de postura for vista. Inclusive, até mesmo o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) considera isso uma razão para reduzir os pontos ou até para zerar as produções de texto.
É recomendado especificar para os estudantes (ou para os candidatos aos empregos) quais são as coisas que causarão a anulação do texto ou então a diminuição da sua nota. Deixar claro previamente é um caminho importante e, no caso dos professores, que estão sempre com aqueles estudantes, tratar da sua conscientização e da diferenciação entre a opinião e a violência também é sugerido.

Competências: para que os corretores vão usá-las?

Os corretores que lerão as produções textuais dos pré-vestibulares ou mesmo dos que estão em qualquer ano do ensino médio precisam atentar para o que o ENEM tem como competências. Esse termo é para relacionar-se às capacidades comunicativas que os estudantes deverão mostrar quando escrevem.
Ao corrigir, esses profissionais precisam ter essas competências próximas, mesmo que anotadas, e fazer o sistema do checklist. Retomando a menção aos professores, é fundamental que se expliquem essas competências aos estudantes antes de se requerer que eles preparem alguma redação. Todos podem visualizar essas competências na página eletrônica do Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP).

Correções objetivas

Quando alguém corrige uma produção textual costuma anotar o que é que está equivocado em cada linha, em cada parágrafo, etc. Isso é mesmo vital: a ideia de se fazer uma correção é mesmo a de ilustrar o que está errado. Contudo, existem corretores que fazem anotações quase misteriosas, usando termos muito específicos da Língua Portuguesa ou sem ser claros.
Esse tipo de correção pode ser rápido, mas não será eficiente e, muito menos, será justo. Não será eficiente porque o estudante não vai entender absolutamente onde foi que a sua produção de texto falhou. Também não será justa porque não deixará que esse indivíduo aprenda. Desse modo, qualquer observação precisará ser feita como para leigos, sem ser longa demais.
Até breve!

Pista de patinação no gelo é inaugurada no Via Café Garden Shopping



O Via Café Garden Shopping trouxe mais uma vez a pista de patinação no gelo para o Sul de Minas. O espaço tem 200 m² e funciona na Praça de Eventos, no acesso principal, com capacidade para 50 patinadores simultaneamente. A atração foi inaugurada no último sábado, dia 9 de dezembro.

A estrutura, que recebeu mais de 300 mil pessoas em 2016, oferece diversão e aventura aos patinadores, com a segurança de equipamentos como capacete, joelheiras, cotoveleiras e luvas, além do auxílio de monitores especializados.

Crianças de dois a quatro anos também terão a opção de aproveitar a pista de gelo em um passeio divertido no Ice Car, uma espécie de trenó que é conduzido pelos monitores. A partir de cinco anos, estão liberadas para brincar sobre os patins. A pista de patinação no gelo vai permanecer no Via Café Garden Shopping até o dia 31 de janeiro e de segunda a sábado, a atração vai funcionar das 10h às 22h. Aos domingos e feriados, a pista abrirá das 11h às 22h.

Sobre o Via Café Garden Shopping
Estrategicamente localizado às margens da BR 491 e Avenida Castelo Branco, o Via Café Garden Shopping proporciona acesso facilitado tanto de quem está em Varginha, quanto para os visitantes das cidades da região. O Via Café Garden Shopping possui três lojas âncoras (Havan, Renner e Lojas Americanas), academia, boliche, hipermercado, área de lazer completa, quatro salas de cinema com tecnologia 3D, dois restaurantes no acesso principal e lojas de serviço. A praça de alimentação oferece diversas opções de fast-food. O Via Café Garden Shopping funciona de segunda-feira a sábado, das 10h às 22h. Aos domingos e feriados, as lojas do mall ficam abertas das 13h às 19h e a praça de alimentação, das 11h às 22h.

Serviço:
Pista de patinação no gelo é inaugurada no Via Café Garden Shopping
Data: 9 de dezembro
Horário: de segunda a sábado, das 10h às 22h. Domingos e feriados, das 11h às 22h.
Local: Praça de Eventos, no acesso principal

Acesse:
Facebook: Via Café Garden Shopping
Instagram: @viacafeagardenshopping
YouTube: TV Garden


Mudanças no Simples Nacional começam a valer a partir de 1º janeiro

Pequenos negócios devem estar atentos para alterações importantes que irão ocorrer no regime tributário simplificado

Em Minas Gerais, 518 mil Micro e Pequenas Empresas (MPE) e 851 mil Microempreendedores Individuais (MEI) serão impactados com as novas mudanças que ocorrerão no Simples Nacional no próximo ano. Entre as alterações está o aumento do limite de faturamento, medida que entrar em vigor a partir de 1º de janeiro.

O Sebrae Minas esclarece as principais mudanças que impactarão os pequenos negócios. Veja algumas delas:

Novos tetos de faturamento: a partir de janeiro do ano que vem, o limite para enquadramento do MEI passa de R$ 60 mil por ano para R$ 81 mil por ano, média mensal de R$ 6,75 mil. Já a Pequena Empresa aumenta de R$ 3,6 milhões para R$ 4,8 milhões anuais, média mensal de R$ 400 mil. Porém, as EPP que ultrapassarem o valor anterior de R$ 3,6 milhões de faturamento terão o ICMS e ISS calculados fora da tabela do Simples Nacional.
Novas alíquotas: também não será mais aplicada uma alíquota simples sobre a receita bruta mensal. A partir de 2018, a alíquota a ser paga dependerá de um cálculo que leva em consideração a receita bruta acumulada nos doze meses anteriores e o desconto fixo. Essas mudanças poderão aumentar ou reduzir a carga tributária para algumas empresas. Por isso, o ideal é buscar a ajuda de um contatado.
Redução de tabelas e de faixas: as tabelas do Simples Nacional passaram de seis para cinco anexos, sendo um para comércio, um para indústria e três para serviços. O número de faixas de alíquotas aplicadas diretamente no faturamento cai de 20 para seis. Também haverá alteração do cálculo do imposto incidente sobre faturamento. Antes era feito pela multiplicação da alíquota  pelo faturamento, a partir de 2018 será considerado o valor fixo de abatimento da tabela.

Universalização: algumas atividades que antes não podiam se enquadrar no Simples Nacional foram contempladas nesta nova versão. As principais atividades que poderão ingressar no sistema tributário simplificado são:
  • Indústria ou comércio de bebidas alcoólicas como: micro e pequenas cervejarias; micro e pequenas vinícolas; produtores de licores e micro e pequenas destilarias desde que não produzam ou comercializem no atacado.
  • Serviços médicos como a própria atividade de medicina, inclusive laboratorial e enfermagem; medicina veterinária; odontologia; psicologia, psicanálise, terapia ocupacional, acupuntura, podologia, fonoaudiologia, clínicas de nutrição e de vacinação e bancos de leite.
  • Representação comercial e demais atividades de intermediação de negócios e serviços de terceiros;
  • Auditoria, economia, consultoria, gestão, organização, controle e administração;
  • Outras atividades do setor de serviços que tenham por finalidade a prestação de serviços decorrentes do exercício de atividade intelectual, de natureza técnica, científica, desportiva, artística ou cultural, que constitua profissão regulamentada ou não, desde que não sujeitas à tributação na forma dos Anexos III, IV ou V da Lei Complementar 123/2006
Investidor-anjo: foi criada a figura do investidor anjo, beneficiando principalmente as startups. Podem ser tornar investidor-anjo pessoas físicas ou jurídicas, além de fundos de investimentos, que queiram investir capital em micro e pequenas empresas e participar dos lucros, em contratos com duração de sete anos, não tendo direito a voto, mas também contraindo as dívidas da empresa.
Empresa Simples de Crédito (ESC): outra novidade é a criação da Empresa Simples de Crédito, figura jurídica que teria o papel de expandir a oferta de financiamentos para as micro e pequenas empresas (MPE), suprindo lacunas deixadas pelos bancos. Só pode poderá atuar com capital próprio e as atividades devem ser restringir ao município onde a empresa sede ou em municípios vizinhos.
Em caso de dúvidas, procure os Pontos de Atendimento do Sebrae Minas em sua cidade ou entre em contato com nossa Central de Atendimento, pelo telefone 0800 570 0800. 

Discalculia: o que é afinal? Causas e tratamentos

Olá, leitor!
A Discalculia é uma condição na vida de muitas crianças, que sempre pode ser confundida com falta de vontade do aluno em aprender ou até mesmo má qualidade de ensino escolar.
Por esse motivo, na maioria das vezes, o diagnóstico é tardio, o que acaba trazendo transtorno na vida da criança e dos familiares. A falta de compreensão dos pais e falta de conhecimento sobre esse assunto também pode agravar o desempenho escolar da criança que desenvolve a Discalculia, levando essa condição para a vida adulta.
Vamos explanar mais esse assunto e você irá compreender o que é a Discalculia, quais são os principais sintomas e como funciona o tratamento. Confira agora!
O que é Discalculia?
Discalculia
A Discalculia é uma disfunção neuropsicológica que se desenvolve em crianças em fase de desenvolvimento de aprendizado. Caracteriza-se pela dificuldade extrema em cálculos matemáticos considerados simples como de soma ou subtração.
A criança que apresenta essa dificuldade de aprendizagem, possui um certo bloqueio em lidar com números, montar cálculos matemáticos ou compreender qualquer conceito da matemática.
A Discalculia vem do grego Dis (que significa Mal) e do latim Calculare (que significa calculando). Não é, portanto, um comodismo do aluno, como é comumente confundido. A Discalculia é causada por uma má formação neurológica.
Se o diagnóstico for precoce, as chances são maiores de evitar problemas sociais da criança e levar essa dificuldade para a vida adulta. Existem tratamentos que podem amenizar os sintomas e auxiliar a criança a ter um desempenho escolar melhor.

Quais são os principais sintomas da Discalculia?

Primeiramente vale ressaltar que a Discalculia é classificada em 6 tipos. É importante ter em mente as distinções entre cada um deles para que se torne mais fácil o diagnóstico da disfunção.
Os tipos de Discalculia foram descobertos pelo Dr. Ladislav Kosc em 1974, o primeiro estudioso que se dedicou a tornar público os diferentes tipos de Discalculia. Vale ainda destacar, que os tipos podem surgir de maneira individual ou em conjunto. Veja abaixo uma relação:
  • Discalculia léxica: Dificuldades em ler e reconhecer os números e símbolos matemáticos.
  • Discalculia verbal: Dificuldade em nomear operações matemáticas, termos, símbolos, etc.
  • Discalculia gráfica: Dificuldade em escrever os símbolos, números ou operações matemáticas.
  • Discalculia operacional: Dificuldade em resolver operações matemáticas e cálculos, mesmo que sejam simples.
  • Discalculia practognóstica: Dificuldade em ordenar, manipular e colocar em prática os principais conceitos matemáticos. O aluno consegue compreender, mas não consegue tornar práticos os conceitos teóricos.
  • Discalculia ideognóstica: Dificuldade em memorizar cálculos e compreender conceitos teóricos da matemática. Também caracteriza-se na dificuldade em realizar cálculos mentais.

Sintomas gerais da Discalculia

Os sintomas da Discalculia surgem logo nos primeiros anos escolares da criança, quando é apresentada aos primeiros cálculos e conceitos matemáticos. Dessa maneira, é importante que os educadores estejam atentos aos comportamentos e sintomas das crianças.
A Discalculia é uma disfunção relacionada com a matemática, e comumente relacionada também com outras limitações como: Introspecção espacial, dificuldades com definições de tempo, memória fraca, problemas com ortografia e algumas vezes se relaciona com a Dislexia. Além desses, os seguintes sintomas também são observados de maneira geral:
  • Dificuldades em reconhecer sinais/Confunde sinais (+, -, ÷, x);
  • Algumas pessoas apresentam dificuldade em reconhecer lado esquerdo e direito;
  • Confunde os pontos cardeais (norte, sul, leste, oeste);
  • Inverter números durante a fala ou escrita;
  • Dificuldade em classificar objetos por formato ou tamanho em ordem crescente;
  • Não consegue memorizar nem colocar em prática qual número é maior;
  • Não consegue reconhecer os números que soam similares;
  • Facilidade com matérias que não exigem cálculos e fórmulas matemáticas;
  • Incapacidade de identificar horas em relógios analógicos;
  • Incapacidade de realizar planejamento financeiro e lidar com valores de compras do cotidiano;
  • Dificuldade em manter uma contagem simples;
  • Não consegue processar sequência/ordem/etapas.
  • Quais são as potenciais causas da Discalculia?
Ainda não foi possível diagnosticar as causas da Discalculia, porém os cientistas mantêm constantes observações e estudos sobre essa disfunção. As investigações e buscas por respostas chegaram às seguintes conclusões:

Causas neurológicas

A disfunção foi relacionada com lesões ao supra marginal e giros angulares na junção entre lóbulo temporal e pariental do córtex cerebral. Déficits de memória também foram associados à Discalculia.

Desordem congênita ou hereditária

Esse ponto também foi levantado como possível causa, já que foram observados casos comuns entre famílias.

Combinações de fatores

A combinação de disfunções cerebrais também pode ser uma causa do desenvolvimento da Discalculia. Na maioria das vezes, o paciente que desenvolve Dislexia, também apresenta a Discalculia.

Pseudo Discalculia

A Pseudo Discalculia caracteriza-se por apresentar os mesmos sintomas, porém são resultantes de abalos emocionais. Ou seja, a criança tem potencial para se desenvolver na disciplina de matemática, mas apresenta bloqueios emocionais. Por isso, é importante o acompanhamento com um profissional psicopedagógico.
Deve-se manter cautela no diagnóstico da disfunção ou de qualquer dificuldade de aprendizagem. É indicado, portanto, eliminar causas primárias de dificuldade de aprendizagem como:
  • Problemas com a visão;
  • Ensino inadequado para a idade da criança;
  • Problemas com audição e fala;
  • Doenças neurológicas ou psicológicas que afetam o QI.

Existe um possível tratamento para a Discalculia?

É importante que o tratamento seja consentido pela criança em união com a família, buscando auxílio de familiares, amigos e principalmente dos educadores. O aluno deverá ter uma grade escolar diferenciada e deverá receber um tratamento especial nas salas de aulas.
Parte do tratamento também deverá ser realizado com a ajuda de um profissional psicopedagogo. O profissional ajudará os professores a lidarem com o aluno de maneira correta, auxiliar na aplicação de atividades que estimulam os pontos de maior facilidade da criança e também a trabalhar a autoestima. Esses são pontos essenciais para obter um desempenho satisfatório no tratamento.
Mas em geral, trabalhar a disfunção da criança com a ajuda de jogos, tem se mostrado bastante eficaz no tratamento da Discalculia.
Jogos que estimulam e desenvolvem a habilidade motora, jogos de contagem e jogos que estimulam o desenvolvimento de estratégias são importantes para estimular a rede de conexões neurais responsáveis pela habilidade de compreender números. E ao estimular a inteligência lógico-matemática da criança, é possível controlar significativamente a Discalculia.
A criança poderá ter uma vida normal, quando adulta e poderá frequentar normalmente a escola de acordo com seu nível de desenvolvimento. Confira alguns tipos de jogos para ajudar a criança.

1 – Jogo dos cubos e garrafas pets

Esse jogo consiste em deixar a criança totalmente à vontade em uma sala. São dispostos à sua mesa, papel, giz de cera, lápis coloridos e lápis para escrever. Também são apresentados à criança cubos de diferentes tamanhos e cores; Garrafas pets de diferentes tamanhos e cores.
O jogo consiste em deixar que a criança aprenda como organizar os cubos e garrafas por ordem de tamanho. O jogo também é um exercício de vocalização de pequeno, grande e médio.

2 – Jogo de dominó

O dominó é um excelente jogo para estimular a percepção, memorização e noção de sequência da criança. O jogo consiste em ordenar as peças de acordo com as bolinhas marcadas em cada peça. É um tipo de jogo mais avançado, devendo portanto, ter mais atenção ao inserir esse tipo de jogo na nova rotina de aprendizado da criança.

3 – Botões matemáticos

O jogo consiste em apresentar à criança vários botões de diversas cores, tamanhos e em quantidades distintas de cada cor. É oferecido à criança um barbante, papel e caneta para que ela possa executar a atividade.
O jogo funciona da seguinte maneira: O educador deverá pedir para a criança separar 8 botões brancos, 5 botões amarelos e 2 botões vermelhos, por exemplo. A criança deverá começar a separar os botões por cor e utilizando o barbante para não se perder.
A finalidade desse jogo é desenvolver a compreensão de dúzias, dezena, coordenação motora e percepção espacial.
O diagnóstico psicopedagógico precoce é ainda a melhor forma de contribuir para uma qualidade de vida melhor para a criança que apresenta a Discalculia.
Como pudemos ver essa disfunção possui um tratamento e seguindo as orientações de um profissional, com o apoio de familiares, amigos e educadores, a criança pode superar a Discalculia.
Até logo!

Breaking Band será a atração do Quinta da Boa Música

No repertório do Indie ao Rock clássico e progressivo

A Fundação Cultural de Varginha confirma a 293ª edição do Projeto Quinta da Boa Música, dia 14/12/17, às 20h, na plataforma de embarque da antiga Estação Ferroviária de Varginha, apresentando show da banda varginhense Breaking Band, que prometem o melhor do Indie e do Rock Clássico e progressivo.
A Breaking Band, que se apresentou por diversas vezes no QBM, é varginhense formada por músicos de 21 e 22 anos e é especializada em Indie, como Arctic Monkeys, Strokes, tame impala, franz ferdinand, black keys, muse e oasis sem deixar de lado as consagradas canções clássicas dos Beatles, creedence, pink floyd, neil young, the police, dire straits e muito mais.

Os músicos das cordas revezam entre si, Daniel, Guilherme e Vinicius tocam guitarra, baixo e participam do vocal. Já nos teclados a banda conta com o famoso Mumuzinho (Thales) e na batera o Celino (Marcelo)

SIGAM ELES NO INSTAGRAM e FACEBOOK!

O Projeto QBM:
O Projeto Quinta da Boa Música já no oitavo ano e na 293ª edição, foi criado em 2009 com a finalidade única de incentivar, apoiar e valorizar a produção musical na cidade e criar intercâmbios com grupos da região, do estado e de todo o País. Através da parceria com músicos e bandas que espontaneamente participam do projeto promove-se junto ao público de todas as idades e sem distinção qualquer, a oportunidade de laser, de entretenimento cultural, proporcionando ainda o acesso livre e gratuito aos bens culturais da cidade, ocupando o importante e histórico espaço cultural que é o conjunto arquitetônico da antiga Estação Ferroviária de Varginha, hoje tombado pelo Conselho do Patrimônio Cultural e mantido pela Fundação Cultural de Varginha.

O Projeto “QBM” é uma realização da Prefeitura de Varginha por meio da Fundação Cultural e conta com o apoio do Espaço Livre Distribuidora, Policia Militar, Guarda Civil Municipal e de toda imprensa da região. Nesta semana o apoio especial da banda Breaking Band.


Mais informações na Coordenadoria de Eventos com o Produtor Rosildo Beltrão pelo telefone (35) 3690 2708, ou pelo e-mail:eventos@fundacaoculturaldevarginha.com.br

Etiqueta profissional: como se comportar na vida online e offline

Olá,
Você tem dúvidas sobre etiqueta profissional e como agir no ambiente empresarial? Possuir uma boa etiqueta profissional torna-se cada vez mais essencial para se destacar no mercado.
comportamento dos colaboradores tem sido uma das maiores causas de desligamentos atualmente. Tratam-se de ótimos profissionais, com boa formação acadêmica, mas que acabam não se adequando a cultura de empresa. Por isso é importante falar sobre a etiqueta profissional.
Bons hábitos profissionais vem sendo muito valorizados, tanto na seleção de candidatos quanto na hora de decidir quem continua na empresa.
Se você está interessado em dicas sobre como se preparar para uma entrevista de emprego, leia também esse artigo.
Nesse artigo, vamos discutir sobre a etiqueta profissional e trazer dicas de como se comportar, tanto no ambiente corporativo quanto na vida online.
Entenda a seguir como a sua postura pode te garantir diferenciais e ajudar no avanço da sua carreira.
O que é etiqueta profissional?
entrevista-emprego
Foto: Reprodução
A etiqueta profissional, em resumo, trata de regras de boas maneiras no ambiente de trabalho. Ela engloba comportamentos, posturas, hábitos e habilidades sociais.
O objetivo de manter uma etiqueta profissional adequada é garantir a boa convivência no ambiente de trabalho. Dessa forma, evita-se problemas de relacionamentos que podem interferir na produtividade.
Possuir bons hábitos comportamentais no ambiente de trabalho ainda é considerado um grande diferencial. Pesquisas mostram que pessoas que se preocupam com a etiqueta e ética profissional tendem a ser contratadas e promovidas com maior facilidade. Um estudo recente realizado por Harvard aponta que mais de dois terços das demissões ocorrem devido a dificuldades de relacionamento com os colegas de trabalho.
Sendo assim, esse é certamente um assunto que merece atenção no planejamento da sua carreira. Desenvolver bons hábitos profissionais é essencial para o seu futuro.

Etiqueta profissional: como agir no ambiente de trabalho

Confira dicas para construir hábitos profissionais mais saudáveis.
Conhecimento técnico, há muito tempo, não é mais o único fator na hora de conseguir um emprego ou promoção. Cada vez mais as habilidades sociais e ocomportamento profissional são levados em conta na hora de tomar essas decisões.
É por isso que separamos os pontos mais importantes da etiqueta profissional. Incorporando essas pequenas mudanças no seu dia a dia, é possível melhorar sua rotina e sua imagem.

Pontualidade

Certamente um dos hábitos mais importantes na cultura empresarial. Quando você combina um horário, assume uma responsabilidade. É de extremo mau tom chegar atrasado, e isso não vale apenas para o horário de entrada.
pontualidade com prazos também é essencial. Se você disse que responderia um e-mail até as 17h, não deixe para as 19h. Se marcou uma reunião via chamada de vídeo às 14h, avise aos outros participantes que está pronto para começar às 13h55. Esses detalhes não passam despercebidos e fazem maravilhas pela visão que seus empregadores têm de você.

Organização

Mantenha seu espaço sempre limpo e organizado. Não deixe documentos e outros itens espalhados pela mesa. Se você tem uma gaveta, mantenha ela organizada.
Evite deixar na mesa itens que não precisam estar lá. Algumas decorações, quando permitidas pela empresa, são bem-vindas. No entanto, não permita que objetos pessoais tomem conta do seu espaço de trabalho.
E lembre-se: também fazem parte desse espaço o sistema de arquivos no seu computador, seu desktop e sua caixa de e-mails. Diferente de um computador pessoal, outras pessoas podem precisar usar sua máquina no trabalho. Seja por que você precisou se ausentar ou porque está trocando de cargo, seu trabalho deve ser fácil de encontrar.
Uma boa dica é organizar o sistema de pastas por anos e meses. Assim se alguém precisa localizar um arquivo, saberá onde procurar. Evite salvar arquivos no desktop da máquina e, finalmente, esteja em dia com a sua caixa de e-mails.

Relações interpessoais

Manter boas relações com os seus colegas de trabalho e superiores é essencial para sua vida profissional. No entanto, essas relações são muito diferentes do que as mantidas fora do ambiente corporativo. É necessário estar atento para não ultrapassar limites.
Ser educado e agradável com todos é importante. Sempre peça licença ao entrar em uma sala e não deixe de dar bom dia para todos com quem conversa. No entanto,fique atento aos exageros. Passar de mesa em mesa dando bom dia não é necessário, e surtirá o efeito oposto do desejado.
Mantenha sempre o bom humor, mas procure deixar piadas e brincadeiras para o happy hour. Durante o horário de trabalho procure conversar o necessário para ser agradável e dar seguimento nos projetos. Afinal, as outras pessoas também tem tarefas a realizar, e ficar jogando conversa fora pode estar gerando problemaspara elas.
Isso não significa que você não deva conhecer melhor ou manter amizades com os seus colegas de trabalho. Afinal, o bom relacionamento em uma equipe faz maravilhas por qualquer projeto. Apenas saiba dosar a quantidade de conversa durante o dia. E, principalmente, procure não fazer muitas perguntas pessoais ou íntimas no ambiente de trabalho.

Controle emocional

Controlar bem suas respostas emocionais é essencial para o ambiente corporativo. No dia a dia do trabalho, você certamente lidará com frustrações, irritações e inconvenientes. Isso acontece com todos. É normal que você sinta raiva, tristeza ou frustração com algumas situações. O que não é normal, nem aceitável, é descarregar essas emoções nos seus companheiros de trabalho.
Para construir uma carreira de sucesso, você vai precisar aprender a moderar suas reações e lidar com situações desagradáveis. Um problema muito comum atualmente é a dificuldade em aceitar críticas construtivas. O feedback é uma parte essencial do seu crescimento, e deve ser recebido com elegância.
Outra ocorrência comum são as explosões de emoção. O stress da rotina pode se tornar realmente insuportável, mas é imprescindível que você lide com ele demaneira construtiva. Frequentar uma academia antes ou depois do expediente é uma ótima opção. O exercício físico é uma forma de escape e ajudam a manter o semblante calmo durante o resto do dia.
Ao resolver conflitos, procure escolher um momento em que você esteja calmo. Dessa forma você evita discussões acaloradas e situações constrangedoras.

Apresentação pessoal

Cuidar da aparência e da forma como você se apresenta na empresa também faz parte da etiqueta profissional.
Mesmo se o seu local de trabalho não possui um código de vestimenta, o ideal escolher as roupas com cuidado. Uma ótima forma saber o que usar é observar seus outros colegas de trabalho e os seus superiores.
Via de regra, prefira roupas neutras e que transmitam seriedade e profissionalismo. Se usar maquiagem, evite cores muito fortes ou excesso de produtos.
Outra parte importantíssima da sua apresentação pessoal é a higiene. Tenha uma escova de dentes e pasta disponíveis no trabalho para usar depois do almoço. Além disso, mantenha suas unhas limpas e aparadas do mesmo tamanho.
Cuidado para não exagerar nos perfumes e desodorantes. Por mais agradável que o cheiro seja, usar muito produto pode causar problemas. Muitas pessoas são alérgicas ou sentem dores de cabeça quando ficam em ambientes fechados com cheiros fortes. Então, pense no conforto dos seus colegas de trabalho.
O seu comportamento online também pode afetar a sua vida profissional
Atualmente, a maioria das pessoas mantém também uma “vida online”. Cada vez mais, as redes sociais tornam-se parte integrada do nosso dia a dia. Afinal, essa é uma extensão da sua convivência social e não é possível mais separar uma da outra.
É comum encontrar pessoas que ainda têm a concepção ultrapassada de que “a internet não é vida real”. Muitos profissionais têm apresentado condutas online que atrapalham suas chances em processos seletivos. Mais do que isso, existem centenas de casos de colaboradores que foram demitidos após publicar comentários considerados inapropriados.
Considere, por exemplo, o seu perfil do Facebook. Embora suas postagens lá sejam de cunho pessoal, todas as informações estão vinculadas ao seu nome e local de trabalho. Atualmente, não são raros casos em que, ao publicar um comentário de cunho preconceituoso, o funcionário seja desligado da empresa. A preocupação com causas sociais é uma tendência mundial. As organizações não querem ter suas marcas associadas a esse tipo de comportamento.
Outra conduta inapropriada, mas muito comum, são as postagens reclamando publicamente da empresa, de colegas de trabalho ou supervisores. Essa é uma postura inadequada, da mesma forma que não é bem-visto reclamar do trabalho anterior na entrevista se seleção. É melhor reservar os desabafos para as conversas em particular.
Ficar sempre atento ao que você posta nas redes sociais é importantíssimo. Tudo que é postado será associado com a sua imagem e, consequentemente, com a imagem do seu local de trabalho.

A sua postura profissional define a sua carreira

A etiqueta profissional se torna cada vez mais importante para os empregadores. Com a integração das redes sociais nas nossas vidas, torna-se cada vez mais fácil atribuir uma imagem a alguém através de suas ações e comentários. É necessário cuidar dessa imagem para garantir que sua empresa – ou potencial empregador – te enxerguem sob a luz certa.
Se você quer mais dicar sobre como avançar a sua carreira, confira outros artigos:
E você? Quais são as atitudes que você toma para garantir sua imagem profissional? Deixe sua opinião nos comentários, e aproveite para perguntar se ficou com alguma dúvida.
Até logo!